19 mar, 2018

5 motivos para sua empresa investir em redes sociais

por mktchef em Conteúdo

Cada vez mais pessoas – e empresas – estão conectadas à internet e às redes sociais. E a boa notícia é que esse número pode aumentar ainda mais o público potencial dentro desse meio, o que é uma moeda de duas faces, já que esse mesmo fator também pode vir a tornar-se algo negativo.

Isso porque o simples fato de se publicar um conteúdo na rede não garante que aquele material seja visto pelo público alvo você deseja se comunicar.

Mas, porquê?

O motivo é simples. Cada post é visto apenas por alguns dos seguidores de uma página. Além disso, as redes sociais, entre elas, o Facebook, usa algoritmos e análises de perfil para mostrar na timeline do usuário as páginas com as quais ele mais interage.

Este ano, o Facebook anunciou novas mudanças nesse algoritmo, o que consequentemente acabou prejudicando o alcance das páginas de notícias e de negócios em geral, afim de melhorar o tráfego de postagens pessoais.

[ SAIBA MAIS >> Minha empresa pode sumir do Facebook? ]

Com essa medida, a linha do tempo do Facebook tende a sofrer mais ajustes ao longo do tempo, dando mais prioridade para posts de amigos e familiares. A saída para garantir a visibilidade do seu negócio e das suas publicações é investir em impulsionamentos e criar anúncios no Gerenciador do Facebook.

Ou seja, em outras palavras, você vai ter que pagar pelo sua visibilidade da sua página a fim de garantir que o seu restaurante ou bar continue sendo visto pelo público.

Pensando nisso, listamos abaixo 4 motivos para você impulsionar seus posts nas redes sociais:

1- Baixo custo: Quando você patrocina sua página ou um post no Facebook, é possível decidir o quanto investir. Você paga o valor que julgar mais justo. Antes de impulsioná-lo, a rede social direciona o conteúdo para o público que você escolheu, durante o tempo configurado;

Muitas empresas nos perguntam o quanto é melhor investir, mas não há uma regra clara quanto à isso. Invista de 3% a 10% do seu lucro ou faturamento líquido em marketing!

2- Segmentação: Quando você anuncia nas redes sociais, é possível direcionar o seu anúncio apenas para o seu público-alvo (que você pode pesquisar de acordo com interesses relacionados à sua marca, dados demográficos, entre outras características). Dessa forma, sua mensagem é direcionada somente para aquelas pessoas que tem potencial para fazer parte do seu público;

3- Visibilidade e monitoramento: Publicações impulsionadas são mais visualizadas e alcançam mais pessoas. Elas aparecem tanto no feed de notícias do usuário e desktop, quanto em dispositivos móveis e sua inserção é muito maior que os posts orgânicos; Além disso, a rede social, em especial o Facebook permite com que você rastreie se realmente seu anúncio está obtendo cliques ou se as pessoas estão fazendo compras através do seu anúncio, essa ferramenta nós chamamos de Pixel de rastreamento de conversões, ele é o que mede as conversões do seu site, por exemplo.

4- Use seu cotidiano como insumo: Está comprovado! Postagens que falam sobre o cotidiano da empresa, fotos reais dos produtos, o famoso relacionamento com os clientes, são os que mais levam engajamento para as redes sociais. Posts que fazem mais a propaganda do estabelecimento não tem um desempenho bom e por isso é sempre bom mesclar essas postagens. Então foca: 80% postagens de cotidiano, 20% postagens institucionais e promovendo seu negócio.

5- Praticidade: É inegável que a internet tem aproximado cada vez mais as empresas de seu público. Seja através de um feedback positivo ou negativo, sugestões e ou até mesmo de interações, que tornam o relacionamento mais humano e agradável para todos. Sem contar que, essa comunicação direta é um excelente termômetro, visto que, em pouco tempo, mostram o que deu certo e indicam o que deve ser melhorado.

Como impulsionar os posts da minha página e qual deve ser o meu investimento?

A assistência de profissionais de marketing digital é essencial nesse momento. Eles te darão ferramentas, conteúdos e ideias para tornar a sua página mais atraente, além de claro, auxiliar a calcular os melhores valores de patrocínio para cada tipo de publicação para a sua página.

No Facebook é possível investir a partir de R$ 10 por dia, que podem ser pagos por cartão de crédito ou PayPal. Algumas redes sociais, como o Facebook, no caso, costumam apresentar uma estimativa de custo por clique ganho com essa ação.

Para começar a impulsionar os seus posts, basta que o administrador selecione o post, clique no item impulsionar e defina o alvo específico, com base em sexo, idade, idioma e localização.

Quais redes sociais possuem essa função?

Facebook

A maior rede social do mundo, com mais de 1,23 bilhões de usuários no mundo, e 61,2 milhões no Brasil, possui dois tipos diferentes de anúncio, o Facebook Ads e os Posts Patrocinados.

Facebook Ads – A plataforma de anúncios do Facebook tem como principal objetivo aumentar a visibilidade, número de fãs e acesso na sua página. Esses anúncios aparecem na lateral direita do Facebook e são compostos por título, imagem e um pequeno texto de efeito.

Uma vez que esse anúncio é clicado ou curtido, os amigos dessa pessoa também são alcançados.

Post Patrocinado – Ao contrário do primeiro modelo, esse anúncio aparece como uma postagem “normal” na linha do tempo dos seguidores, e alcança um número limitado de pessoas que curtem a página e é sinalizado como “Patrocinado”.

Aqui, o diferencial é que quando os amigos interagem curtindo, comentando ou compartilhando, os amigos delas também verão essa postagem. O objetivo principal é impulsionar o relacionamento da marca com o público, aproximando o contato.

Instagram

O Instagram foi comprado pelo Facebook em 2012, então, para anunciar na rede, você utiliza as mesmas ferramentas, e não precisa ter perfil na rede.

Para anunciar, entre no gerenciador de anúncios do Facebook, segmente seu público, insira a imagem e texto dos anúncios e selecione a opção de exibir somente no Instagram.

Os valores mínimos seguem a mesma política do Facebook, e todos os anúncios aparecem diretamente na linha do tempo do usuário.

Twitter

A campanha no Twitter pode ser feita por dois tipos de anúncios: lance automático ou lance máximo. O primeiro otimiza o anúncio de acordo com o objetivo que você configurou e o orçamento disponível. O segundo, é definido pelo anunciante, e limita o valor do lance diário.

Google AdWords

As buscas do Google têm resultados baseados no uso de palavras-chave. Assim, é ranqueado em primeiro lugar quem paga mais pela palavra-chave utilizada na busca, e assim, aparecem no site de pesquisas Google e aplicativos parceiros do Google, bem como no YouTube.

Os anúncios no Google são altamente personalizáveis, o que torna viável a personalização de palavras-chave, localização, idiomas e horários. O pagamento pode ser feito via boleto bancário ou cartão de crédito, e a plataforma ainda oferece um painel completo apara acompanhar os resultados e otimizar os anúncios constantemente.

Para os anúncios terem uma performance boa, deve haver um estudo de palavras-chaves tanto na plataforma quanto no seu website, para que assim você consiga desenvolver anúncios com grande relevância e que possam aparecer em posições boas no Google.