Chef Luigi
Por Chef Luigi
16 de February de 2019

Gestão de marca: isso é Branding. Mas o que fazer para aplicar esse conceito e tornar a sua marca mais conhecida? Ou mais desejada e diferenciada na mente dos consumidores?

O seu negócio adquire personalidade, forma e posicionamento quando você transfere conceitos bem definidos.  Ou seja, branding. Isso vale tanto para para as suas peças gráficas, discursos, identidade visual, até elementos e ações de marketing.

Principalmente no segmento gastronômico, em que a experiência de comer impulsiona nossas emoções e sentimentos.

Para colocar o Branding em prática é importante deixar muito clara a identidade da sua empresa. Desde o logo impresso no guardanapo, o uniforme da equipe, até as cores e arquitetura do local. Um restaurante mexicano, por exemplo, pode utilizar as cores da bandeira do México na sua decoração. Além de nomear pratos com cidades do país, colocar chapéus característicos da cultura mexicana nos funcionários, ambientar o som com músicas regionais e artistas mariachis, etc.

É importante que a casa tenha um conceito bem definido.

Pense na relevância e na experiência que o cliente terá com sua marca.

É interessante pensar, sobretudo, em elementos que componham todo ambiente e comunicação da empresa. As cores, o olfato, as lembranças, os pratos. E para isso existe um profissional adequado de marketing que pode te auxiliar. Ele vai te ajudar a sustentar o brand equality que é tudo aquilo que vai atribuir valor e força na sua marca.

O branding também faz parte do atendimento e do cuidado que você vai ter com o cliente. Imagine uma situação delicada, que você tenha que lidar com um cliente insatisfeito em seu restaurante. Por fim, a maneira com que você vai agir, assumir o erro e por exemplo, dar um voucher de desconto, é uma estratégia de branding que deve ser alinhada.

Você deve promover um relacionamento com o cliente, criando um posicionamento para todo tipo de experiência que houver no seu estabelecimento.