Por Redação

20 de julho de 2021

Compartilhe:

CRM para restaurantes: Bom relacionamento com clientes

Agilizar processos, melhorar a gerência, trabalhar com planilhas financeiras, organizar o estoque, são atributos fundamentais para que todas as empresas consigam sucesso no mercado. Inclusive, esses são processos que podem ser otimizados por meio de um CRM, inclusive para empreendimentos como restaurantes.

Mas, afinal, o que é um CRM? De que maneira ele atua ativamente para otimizar os processos dos restaurantes, ajudando na organização interna e externa, bem como no controle das operações? 

Confira a importância dessa ferramenta para o bom relacionamento do seu restaurante com clientes no artigo a seguir.

O que é CRM?

De modo geral, CRM – ou Customer Relationship Management -, é uma ferramenta que, independentemente do segmento, contribui na gestão do relacionamento com os clientes que consomem os produtos ou serviços de uma corporação.

No caso de restaurantes, essa ferramenta ajuda. Essencialmente, na gerência e na fidelização dos clientes que consomem/interagem com o estabelecimento, seja de forma presencial, ou por meio de sistemas de delivery.

Um sistema CRM ainda possui uma série de utilidades importantes para os restaurante. Melhorando as operações, integrando setores de atuação e ajudando no controle e na organização financeira, além de fatores mercadológicos e de publicidade.

Como funciona o CRM para restaurantes?

Para restaurantes, o CRM funciona de maneira bem específica, especialmente na gerência dos contatos que costumam consumir no estabelecimento.

Isso porque o cadastro e contatos dos clientes podem ficar armazenados no sistema. Possibilitando que as empresas consigam atendê-los de forma personalizada e ágil, bem como facilita a promoção de ações de marketing para esse público.

Para que a ferramenta seja a mais qualificada possível, toda informação acerca do cliente é importante e deve ser registrada/rastreada. Portanto, toda forma de contato é válida, tais como:

  • Dados pessoais passados pessoalmente;
  • Conversas registradas por telefone;
  • Mensagens em aplicativos de celulares;
  • E-mails enviados;
  • Pedidos registrados.

Além disso, os principais meios de comunicação, formas de contato mais efetivos, responsáveis por cada processo também podem ser facilmente cadastrados.

Toda essa gama de informações faz com que o restaurante consiga ter um atendimento personalizado para cada cliente. Sabendo os gostos e o que interessa mais ao seu público, por exemplo: um cliente já pediu diversas vezes no seu restaurante, e sempre o mesmo prato. 

Dessa maneira, você sabe que, quando ele voltar, as chances de ele pedir a mesma refeição é grande. Podendo então prepará-lo de forma especial ou até atuar com um “mimo” personalizado.

Por isso, quando o atendente for perguntar o que ele vai querer, ele também pode verificar se o cliente deseja o prato de sempre ou se vai experimentar algo novo. 

Isso demonstra uma preocupação e um cuidado com o cliente, que é fundamental para que eles se sintam acolhidos pelo estabelecimento, contribuindo para a fidelização.

Ou seja, a probabilidade de cativar/fidelizar ainda mais o cliente aumenta consideravelmente. Pois ele se sentirá mais à vontade para consumir novamente dentro do restaurante – bem como mais valorizado e reconhecido.

3 estratégias que podem ser implementadas como o CRM

Por isso, de modo a contribuir com o pleno uso do CRM para restaurantes e de seus benefícios em seu estabelecimento, confira a seguir algumas dicas e processos que podem ser implementados e aperfeiçoados por meio dessa ferramenta.

  • Converse com os colaboradores

Para que o CRM tenha uma boa funcionalidade, é fundamental que  todos os colaboradores, tenham consciência da importância de coletar o máximo de dados e informações possíveis, bem como usar a ferramenta.

Como os dados dos clientes são os principais elementos para que o CRM lead funcione do jeito desejado, esse processo é essencial.

  • Marketing

Com a coleta de informações e armazenamento/mensuração de dados, é possível aprimorar suas práticas de marketing, especialmente nas plataformas digitais.

Afinal, com as informações, é possível identificar os melhores canais de atendimento, saber os gostos, processo de compra e demais detalhes sobre os clientes, direcionando as ações nas plataformas digitais de forma mais efetiva.

  • Entenda o perfil dos seus clientes

Cada cliente terá um gosto, uma ideia para que o atendimento seja o mais qualificado possível. Afinal, apesar de existirem padrões que podem ser desenhados, há outras especificidades que também podem ser consideradas e mensuradas.

Assim, analisando o perfil de cada cliente por meio do CRM, e o registro de interações, é possível traçar padrões que ajudem a implementar novas ideias no estabelecimento.

Imagine que você percebe que uma boa parcela de clientes é vegetariana, mas você não possui muitas opções de pratos que contemplem esses clientes. 

Traçando esse perfil e entendendo os seus gostos, você pode trabalhar na criação de novos pratos vegetarianos, aumentando o consumo dessas pessoas e fazendo com que outras também sejam atraídas pelo seu serviço. 

Registro de informações e fidelização

A principal vantagem do CRM é o registro das informações do público de forma estruturada e bem organizada. Por isso, é fundamental estabelecer métodos de registros, bem como otimizar algumas técnicas de coleta de dados, principalmente nos canais digitais.

Com isso é possível promover um atendimento de mais qualidade e personalizado, gerando satisfação e resultando na fidelização desses clientes.

 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Top News Tech, site voltado para a veiculação de conteúdos relevantes para empresas, contribuindo com estratégias para o desenvolvimento do negócio.

Precisa de ajuda? Fale com um #foodlover

.