Chef Luigi
Por Chef Luigi
16 de February de 2019

Quer entender um pouco mais sobre porque contratar um profissional de marketing e no que ele pode te ajudar? Confira:

Analise seu restaurante

Assim como não existe um melhor modelo de negócio, não podemos dizer que existe uma receita de bolo para o marketing de restaurantes. Na prática, cada tipo de empresa precisa pensar em suas condições específicas. E, inclusive, pensar no contexto geral do mercado antes de escolher a alternativa mais apropriada. Tudo depende da realidade do negócio e dos seus planos para o futuro.

No meio dessa avaliação, alguns fatores acabam pesando bastante na decisão. Queremos que você entenda isso de forma prática! Por isso, vamos avaliar alguns dos principais motivos para você contratar um profissional de marketing para o seu restaurante.

Análise financeira

Normalmente, o primeiro ponto a surgir envolve o custo de ter uma equipe interna. Para um restaurante de pequeno porte, não é necessária a contratação de todo tipo de especialista de marketing. No caso de restrições orçamentárias ou de dificuldades na procura profissional, contrata-se o que dá para contratar. Adapte o serviço, portanto, ao que é possível produzir com o pessoal disponível.

Se a empresa busca ter mais especialistas em diversas áreas e não tem volume de serviço suficiente para justificar todas essas contratações, vale terceirizar. Por outro lado, se o volume de trabalho é muito grande e há pouca necessidade de vários tipos de profissionais, pode-se contratar diretamente.

Tempo disponível

A operação em um restaurante é imensa. Muitas vezes o chef ou o proprietário se encarregam de alimentar redes sociais e a logística de trabalho não permite a assiduidade.

Se o seu restaurante está precisando de serviços de comunicação e não tem muito tempo disponível, faz mais sentido buscar uma agência no mercado que consiga resolver tudo. Pode ser mais difícil montar um time interno. Como as agências já têm uma estrutura pronta e um time organizado, o fluxo de produção de campanhas e peças é bem mais rápido.

É importante lembrar, também, que nada impede que a própria comunicação vá se estruturando internamente. Assim é possível proporcionar uma transição viável e gradual no seu restaurante.

Demanda de trabalho

Aqui temos outro ponto importantíssimo: o volume de serviço do seu restaurante. Avalie a necessidade de cada setor como marketing digital, SEO, inbound ou campanhas mais tradicionais e selecione sua estratégia principal. Mas atenção: não faz sentido contratar um profissional de comunicação fixo para uma demanda que não justifique todas as horas de trabalho.

Nesse sentido, existe ainda uma outra opção: avaliar a possibilidade de contratar alguém para ficar interno e cuidar das atividades mais básicas como freelancer. Porém, é importante ir complementando a demanda com serviços de uma agência externa caso seja necessário.

Nível de engajamento

Sabemos que hoje temos uma grande quantidade de facilidades tecnológicas que nos ajudem a ficar conectados em tempo real. Porém, a convivência presencial do dia a dia continua sendo um diferencial e tanto para o relacionamento interpessoal. Esse contato mais direto gera um efeito catalisador na hora de fazer com que processos aconteçam de forma rápida e fluida.

Assim, para o restaurante ter uma ligação mais forte entre a equipe de comunicação e demais áreas internas, a contratação de um profissional dedicado somente ao marketing é fundamental. Esse tipo de sinergia melhora bastante o entendimento quando a proposta é ter um processo produtivo mais alinhado.

Avaliação do risco

A contratação de uma equipe interna de marketing gera custos trabalhistas. Além disso não é muito fácil trocar funcionários — não de maneira rápida, pelo menos. Ainda há de se fazer todo o processo seletivo… E isso demanda um tempo a mais até que tudo seja colocado em seu devido lugar. Por isso, é importante ter alguém bem treinado para cuidar do marketing do seu restaurante.

Avalie todos esses aspectos. Vai ficar mais fácil de decidir se você precisa ou não contratar um funcionário para se dedicar as práticas de marketing.

Assim, a escolha por ter uma equipe interna para o seu restaurante será feita com base em análises concretas. E, sobretudo, de acordo com a sua realidade.