Marketing de conteúdo

Redação Marketing Chef
Por Redação Marketing Chef
11 de maio de 2020

Com os comércios fechados devido ao COVID, um dos segmentos mais afetados é o de Bares e Restaurantes. Saiba como encarar a crise do food service com otimismo.

Ainda que alguns estados — como Santa Catarina — tenham flexibilizado a quarentena permitindo a reabertura do comércio, na maior parte do Brasil, bares e restaurantes permanecem fechados até pelo menos final de abril. Segundo especialistas, o momento agora é de se reinventar. 

A maioria dos estabelecimentos gastronômicos, viram no Delivery a saída para este momento. Uma forma de seguirem abertos e de manter o emprego de seus funcionários. Ainda assim, algumas medidas precisam ser tomadas para garantir a qualidade do serviço e dos produtos oferecidos.

Organizar os processos internos, pensar ainda mais na experiência do consumidor, gerar melhorias para os produtos são os principais pontos para sobreviver à crise no food service gerada pelo COVID. No entanto, se manter otimista é ainda mais fundamental para não deixar a peteca cair! Saiba como neste artigo. 

Recomendações para encarar a crise no food service

Cortar custos

Sim, em qualquer crise esse é primeiro passo. Para isso, é preciso fazer uma análise precisa para identificar quais custos podem ser reduzidos sem prejudicar o negócio nem demitir funcionários. Tenho certeza que eles existem, e esse primeiro passo vai fazer você respirar um pouco mais aliviado.

Renegociar contratos 

Em épocas de crise, bares e restaurantes veem suas vendas reduzirem, mas as contas continuam chegando igual. Se o seu estabelecimento está em um imóvel alugado, tente renegociar o valor. Um momento como esse, pede ações colaborativas e os locatários não tem muita alternativa a não ser negociar para continuarem recebendo os aluguéis.

Renegociar contratos com fornecedores

Da mesma forma, é importante considerar cada um dos seus contratos e propor formas de renegociar os pagamentos, alternativas e valores. Essa medida é fundamental para que bares e restaurantes não tenham que fechar suas portas.  Converse com seus fornecedores abertamente para que juntos possam encontrar saídas que sejam viáveis para ambos.

Delivery

Ainda que o Delivery não vá resolver todos os problemas gerados pela crise do COVID, ele é a melhor alternativa para bares e restaurantes fechados. A crise no food service fez com que os estabelecimentos gastronômicos vissem nos pedidos online uma forma de continuar trabalhando e atendendo seus clientes.

Existem várias plataformas online e aplicativos de entrega, mas também você pode receber pedidos pelo WhatsApp da sua empresa. Para isso, vai precisar reorganizar processos para garantir a viabilidade do Delivery e também atentar para as medidas que precisam ser tomadas para manter a qualidade dos seus produtos.

Encarar a crise no food service com otimismo significa fazer tudo o que está ao seu alcance para manter seu negócio funcionando. Tomando as medidas certas e seguindo as orientações acima, você vai conseguir passar por esse momento difícil e retornar triunfante!

Se precisar de ajuda nas suas estratégias de marketing gastronômico, entre em contato conosco!

Tags: destaque