Redação Marketing Chef
Por Redação Marketing Chef
25 de February de 2020

Embalagem para delivery sustentável: inovação para se adequar a nova lei que proíbe plásticos em restaurantes em São Paulo.

Se você é dono de um estabelecimento gastronômico, deve ter ouvido falar da nova lei sancionada dia 13/01/2020, pelo prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas. A lei proíbe o fornecimento de utensílios plásticos descartáveis em estabelecimentos comerciais — bares, restaurantes, padarias e outros.

A boa notícia é que ela vem para se alinhar com o novo comportamento dos consumidores, principalmente a geração Millenials, baseado na sustentabilidade. Os estabelecimentos de São Paulo têm um ano para se adequarem a nova lei, que entra em vigor em janeiro de 2021.

Para acompanhar essas mudanças, será preciso inovar na embalagem para delivery — as opções biodegradáveis são uma forte tendência para atender essa demanda. Escrevemos esse artigo para que você fique por dentro da nova lei e possa promover a sustentabilidade no seu negócio, substituindo as embalagens de plástico. Confira!

Nova lei proíbe plásticos e promove a sustentabilidade

A proibição de plásticos em estabelecimentos do setor alimentício pode ser recebida com bons olhos, pois a inovação que ela propõe se alinha às tendências globais de sustentabilidade.

Na China, por exemplo, um plano que proíbe embalagens plásticas e canudos na indústria de alimentos e bebidas entrará em vigor até o final de 2020. 

Ainda que seja preciso um esforço de conscientização para mudar o comportamento do consumidor, a necessidade de inovar nas embalagens em prol do meio ambiente é evidente.

Embalagem para delivery: hora de inovar! 

Até janeiro de 2021, todos os estabelecimentos comerciais devem se adequar e se adaptar ao que está previsto na lei. É tempo mais do que suficiente para os bares e restaurantes encontrarem soluções inovadoras que substituem o plástico na embalagem para delivery.

Muitos locais já aboliram plásticos descartáveis, se antecipando a lei e acompanhando as mudanças de comportamento dos consumidores. As embalagens biodegradáveis são uma opção cada vez mais usada para substituir as embalagens plásticas.

Os jovens consumidores vêm de uma geração com uma nova visão do consumo e têm um comportamento mais consciente e sustentável do que as anteriores. Nesse sentido, as embalagens biodegradáveis conversam muito mais com as novas gerações, do que as de plástico ou isopor.

Com o crescimento do delivery de comida, impulsionado pelos aplicativos de entrega, a necessidade de embalagens sustentáveis é cada vez mais urgente. Segundo a ABRASEL, o número de pedidos via app gira em torno de 1 bilhão por mês, sendo que a maioria desses consumidores dão preferência por estabelecimentos que promovem a sustentabilidade.

Se você tem um estabelecimento no setor ou está prestes a abrir um, precisa se alinhar às mudanças do comportamento do consumidor, mesmo que não more em São Paulo, onde a lei foi sancionada. Adotar a sustentabilidade e substituir o plástico na embalagem para delivery, é atender a demanda do seu cliente, que está mais consciente e preocupado com a conservação do planeta.