Chef Luigi
Por Chef Luigi
13 de October de 2019

Mesmo em meio à crise econômica, o mercado gastronômico no Brasil segue em crescimento exponencial. O que é uma notícia e tanto para aqueles que estão planejando abrir um restaurante.

Embora o momento seja propício para investir no seu próprio negócio, ainda assim é preciso se planejar. Abrir um restaurante com uma identidade, espaço e qualidade em serviço, já não é mais suficiente. Para vender o seu peixe e ao mesmo tempo atrair os clientes certos você precisa usar ferramentas de marketing.

Uma boa estratégia que ajudará o seu negócio a decolar é o inbound marketing.

Mas, o que é esse tal de inbound marketing? 

Inbound Marketing nada mais é do que uma estratégia de marketing que visa atrair o interesse das pessoas, também conhecido como marketing de atração. Dessa forma, o cliente é atraído até a empresa por meio de conteúdos relevantes sobre a marca ou que estejam relacionados ao nicho de atuação do seu restaurante.

Novidades sobre produtos novos, benefícios oferecidos, matérias em blogs com assuntos que interessem ao consumidor. Mecanismos como o SEO também são importantes, afinal, têm o objetivo ranquear melhor a sua marca em sites de buscas orgânicas.

Toda essa estratégia tem como objetivo não apenas atrair clientes comuns, mas clientes potenciais que de fato possam trazer algum retorno para a empresa. Por meio desse relacionamento, cria-se um “laço” de confiança.

Dessa forma, o cliente se sente seguro para dar os próximos passos que o levarão a uma possível compra/visita ao seu restaurante.

O que é necessário para que essa estratégia dê certo?

Uma fachada bonita e pratos bem avaliados, certamente trarão uma atenção a mais para o seu estabelecimento… Mas isso ainda não é o suficiente. Ter um site que ofereça informações básicas como como cardápio, localização, delivery, formas de pagamento, horários de funcionamento, é ótimo, mas é preciso ir além. Para que o seu negócio realmente se destaque entre os demais existem os três pilares do marketing de atração:

-SEO;

-Conteúdo relevante;

– Redes sociais;

Que farão com que seu restaurante, lanchonete, bar ou café, seja visto com outros olhos.

Vamos começar com a estratégia de SEO. Traduzida para o português, a sigla significa “otimização para mecanismos de busca”. Ou seja, é um conjunto de técnicas de otimização para sites, blogs e páginas na web, que têm a intenção de alcançar bons resultados nos rankings orgânicos, gerando tráfego e autoridade para um site ou blog.

Em outras palavras, essa ferramenta te ajudará a alcançar o topo de sites de busca, o que consequentemente aumentará os seus acessos e você venderá mais. Além disso, o conteúdo do seu site será muito mais eficiente e otimizado. Assim, seus clientes realmente tenham as suas dúvidas esclarecidas no momento em que acessarem o seu domínio. Ponto positivo!

Se aproveitando dessas visitas, é imprescindível que o seu site ofereça um conteúdo diversificado para conquistar a atenção dos clientes. Seja através de receitas, curiosidades, entrevistas ou material rico. A estratégia aqui é gerar conteúdo que façam com que os seus cliente potenciais se sintam conectados e de fato, desenvolvam um relacionamento com a sua empresa.

E por falar em relacionamento, se a sua marca ainda não está representada nas mídias sociais, pare, volte e recomece.

O mundo hoje é 100% digital e ignorar esse fato não é nada inteligente. Para manter os seus clientes interessados e envolvidos, é preciso ser humano. E isso que dizer que eles precisam ter mais que uma experiência positiva, mas inesquecível.

Você até pode usar o seu Instragram ou Facebook, por exemplo, para vender o seu peixe. Porém, o intuito maior aqui é o relacionamento que seus posts, fotos e comentários irão gerar. Newsletters e email-marketing também são ótimas estratégias para estar mais próximo Além disso, difundir conteúdos que irão chamar a atenção dos seus futuros leads – que são clientes que realmente irão trazer retorno para você.