Por Redação

19 de abril de 2021

Compartilhe:

Delivery próprio, ter ou não ter?

Saiba mais sobre os aplicativos de delivery próprio.

Ter ou não aplicativo de delivery próprio é a pergunta mais ouvida aqui na MarketingChef.

O comportamento dos consumidores mudou muito, e isso se aplica, principalmente no delivery. Onde, com a pandemia, todos tiveram que priorizar seus momentos em casa.

Mas antes mesmo deste período, as pessoas já estavam acostumadas a fazer tudo pelo celular, sem precisar fazer ligações.

Por isso, muitos donos de restaurantes acreditam ser vantajoso criar um aplicativo próprio para o delivery, o que outros empreendedores discordam.

Então trouxemos neste post uma análise de cada serviço de delivery, e assim conseguimos chegar a uma conclusão. Confira.

Marketplaces para delivery

Hoje em dia os marketplaces para o setor de food service estão a milhão no mercado. Essa palavrinha provavelmente você nunca deve ter ouvido, mas é o Ifood, UberEats e entre outros aplicativos que concentra em uma única plataforma vários estabelecimentos para vender seus produtos.

Nesses aplicativos temos alguns características, que todo empreendedor deve saber:

  • Possibilita uma maior visibilidade do restaurante, já que investem forte em publicidade e propaganda;
  • Não necessita de operação de delivery, como motoboys. Eles oferecem essa infraestrutura para você operar;
  • Os clientes da empresa passam a comprar no seu restaurante por estar no app – fácil acesso;
  • Possibilitam um ranqueamento do estabelecimento melhor na plataforma quando participam de promoções;
  • E cobram comissão por vendas;

Estar conectado nos aplicativos de delivery pagos tem seus pontos positivos. Podemos ver que além de novos clientes estarem sempre te encontrando, por estarem conectados a aquela plataforma, o custo e a dificuldade em gerir uma operação de delivery não será sua. 

O lado negativo em estar conectado a esses serviços é que os clientes deixam de ser do seu restaurante, e passam a ser do aplicativo. Isso porque, é uma facilidade pedir no restaurante que está cadastrado no app.

Além disso, a taxa da operação de delivery não é nada baixa, o que nos faz realmente calcular se vale a pena ou não estar com esse serviço vinculado.

Aplicativo de delivery próprio 

Nos aplicativos de delivery próprio também temos grandes possibilidades de reter clientes através das estratégias de marketing que eles nos oferecem. Confira: 

  • Clientes próprios e exclusivos na sua plataforma – quem baixou seu app, realmente é um #foodlover da sua marca;
  • Sem comissão para terceiros por pedidos
  • Relatórios personalizados para campanhas de marketing – isso permite abrir sua visão estratégica do que fazer ou do que parar de fazer no seu estabelecimento;
  • Estratégias de e-mail marketing ou push’s para campanhas de marketing;
  • Operação de delivery é sua responsabilidade;
  • Cupons especiais de descontos personalizados e quanto quiser;

Ou seja, ter um aplicativo próprio de delivery te permite criar campanhas, cupons de desconto e criar uma rede de clientes fiéis aos seus restaurantes.

Isso porque você não encontrará barreiras ou empecilhos que te impeçam de criar estratégias de inbound marketing. 

Entretanto, a responsabilidade de manter um delivery no seu restaurante agora é totalmente sua. Mensalidade, motoboy e transporte. Pesquise com calma a melhor plataforma que se encaixa para o seu estabelecimento. Nós indicamos a Delivery Direto.

Comparação 

Quando comparamos as duas possibilidades notamos que as duas trazem pontos positivos para o restaurante.

Por isso, é interessante estar conectado às duas opções de delivery.

Estando vinculado ao aplicativo de terceiros você tem mais visibilidade no inicio, principalmente se a sua marca é nova.

Quanto ao marketplace próprio, ele te amplia a forma como trabalhar seu delivery, te dando relatórios, ferramentas de marketing e uma experiência mais personalizada da sua marca no ambiente online de delivery, sem falar que o custo com a plataforma passa a ser fixo e não por venda. 

Porém, com o aplicativo próprio, seus esforços em propaganda devem ser maiores, e até diria sem previsão de término. Pois no ambiente online, se faz muito necessário investir em conteúdo e patrocínio para aparecer. Afinal, ninguém estará passando na frente da sua loja para comprar algo.

E aí, que time você vai jogar?

Precisa de ajuda? Fale com um #foodlover

.