Redação Marketing Chef
Por Redação Marketing Chef
19 de May de 2019

A cada momento de nosso dia, estamos consumindo produtos e serviços: desde o café da manhã que tomamos, do tênis que colocamos para correr, dos produtos de higiene, da roupa que utilizamos para sair, até o travesseiro que repousamos ao final de um longo dia.

Quando você para para refletir sobre essa questão, não é exagero dizer que praticamente respiramos produtos e serviços. E o Marketing está aí para isso: ele está presente como o planejamento de um conjunto de práticas que identificam e satisfazem as necessidades de um mercado-alvo, através de produtos e serviços ofertados por empresas, gerando o lucro para estas e a satisfação das necessidades do público, como uma troca.

“Parece simples… Então eu já faço Marketing no meu restaurante todos os dias com os meus produtos, pratos e atendimento”– você pode pensar. Mas não é bem assim. Vamos entender o porquê.

Se formos pensar o Marketing como mero identificador de necessidades que satisfazem as pessoas, sempre existiu, desde quando o homem surgiu. Mas hoje, com a concorrência esmagadora ele precisou ser reinventado e estruturado. E aí o Marketing é utilizado como ciência.

Essa ciência se baseia em variáveis, os conhecidos 4 Ps – ou Mix de Marketing – que norteiam as ações a serem tomadas:

Preço: literalmente quanto vale o seu produto ou serviço no seu restaurante. Ele depende de fatores como custos, valor agregado, concorrência e engloba condições e período de pagamento,

Praça: onde o cliente vai encontrar seu restaurante, qual a localização.

Produto: refere-se às características do que você serve no seu restaurante. Assim, entende-se a quem e para qual finalidade esse produto pode ser negociado.

Promoção: engloba a comunicação, a publicidade e propaganda e, enfim, as estratégias de divulgação para atrair os clientes. Nesta área, é importante o auxílio de especialistas, pois é a área responsável pela comunicação de seus negócios com o mercado-alvo.

Além desses Ps, recentemente foram surgindo outros, como o de Paixão (o que transforma as pessoas em completos admiradores da marca).

Vertentes do marketing

Como o mercado nunca para de crescer, principalmente na gastronomia, o Marketing tradicional ganhou diversas vertentes, que a cada momento, com o avanço e mudanças em áreas tecnológicas. Hoje existe o Marketing Digital, Inbound Marketing, Outbound Marketing, Marketing de Exclusividade, Marketing de Incentivo, Endomarketing, Marketing Cultural, Remarketing, Marketing Direto, Marketing Indireto, Marketing de Conteúdo, Marketing Promocional, e muitos outros que um bom especialista compreende e sabe utilizá-los em prol de seus negócios.

O profissional de Marketing relaciona esses Ps às diversas vertentes, para criar estratégias coordenadas em um plano de marketing ideal. Estratégias efetivas são aquelas que refletem a melhor proposta de valor para os consumidores e atraem um mercado-alvo definido.

Basicamente o Marketing serve para posicionar e diferenciar o seu produto no mercado. No caso da gastronomia, para analisar quais seus pontos fortes, trabalhar os fracos e saber comunicá-los.

Exemplos? Pensamos o seguinte: se você quer crescer e conquistar novos clientes, você precisa de estratégias de marketing. Se você quer ganhar uma visibilidade maior, você precisa de marketing. Se você quer incentivar seus funcionários a contribuírem para o crescimento da empresa, você precisa de marketing. Se você quer construir um relacionamento com o seu cliente para que ele não apenas volte a frequentar seu restaurante mas também indique para outras pessoas, você precisa de marketing.

Quer entender mais de marketing para gastronomia? Leia aqui!