Redação Marketing Chef
Por Redação Marketing Chef
13 de October de 2019

A hora almoço ou jantar está se aproximando e está tudo nos conformes: Mesas prontas, garçons à postos, panelas quentes. Tudo pronto! Se você é dono de um restaurante, essa rotina faz parte do seu dia-a-dia. Mas, e quando você recebe a ligação de um cliente perguntando sobre delivery? Seu restaurante está pronto para o desafio, ou essa não é a melhor opção para o seu negócio?

O mercado de delivery está crescendo e é lucrativo. Em 2015, ano da última pesquisa realizada pela Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) sobre o assunto, a movimentação do setor já passava da cifra de R$9 bilhões. Porém esse crescimento pode significar outros custos operacionais

Ficou em dúvida se deve ou não aderir à tendência? A gente te conta os prós e os contras, para te ajudar a tomar essa decisão:

Prós

Facilidade
Os serviços de delivery mudaram. Se antes, era preciso que o empresário de restaurante recrutasse os funcionários para realizar a entrega, hoje isso pode ser feito por meio de aplicativos, como o iFood, que começou a funcionar em 2011 e já recebe cerca de 3 milhões de pedidos por mês, ou a UberEats, que passou a operar por aqui em 2016.

No entanto, o melhor caminho é o desenvolvimento de um aplicativo ou loja virtual própria. Dessa forma, você consegue adequar todo o sistema para o seu negócio e para os seus clientes. E assim, você não paga as taxas operacionais que esses aplicativos cobram, além de ter um controle maior sobre o seu tempo de entrega e qualidade do serviço.

Faturamento
O sistema delivery pode ser um grande aliado no aumento de rendimentos para o seu negócio, já que pode atingir um público que não costuma visitar o seu negócio, ou até mesmo habitués, que estão em busca de uma refeição gostosa, sem muito trabalho em casa, aumentando o fluxo de clientes, e até mesmo o ticket médio.

Contras

Embalagens
A qualidade do alimento durante o transporte e a segurança do alimento durante o envio são um ponto-chave de preocupação no sistema de delivery para restaurante. É necessário se certificar de que o recipiente escolhido para o delivery seja resistente e possa ser reaquecido e empilhado e, quando for o caso, prevenir a perda de calor, derramamento e a divisão entre alimentos quentes e frios.

Cardápio
É possível que você tenha que readequar o seu cardápio para a entrega, para facilitar o transporte e entrega. Para isso, leve em consideração quais itens são mais apropriados para entrega e comunique a sua clientela dessas opções.

Investimento
O serviço de delivery pode significar um aumento rápido no volume de vendas e pedidos a curto prazo. Isso significa que você pode começar a pensar em adaptações do espaço físico e na contratação de mais funcionários, além claro de treinar os que já estão trabalhando com você. Dessa forma, apesar de ter um gasto maior com a casa em um primeiro momento, você minimiza erros operacionais e gastos desnecessários a médio e longo prazo.

Algumas dicas

Se depois de ler esse texto você ficou ainda mais animado com a ideia de implementar um serviço de delivery no seu restaurante, nós separamos algumas dicas que podem te ajudar a dar o pontapé inicial nessa empreitada:

Comece pequeno – Cautela é a principal dica quando falamos em delivery para restaurante. Você pode começar delimitando a entregando para a vizinhança, em alguns horários e ir aumentando a medida que o seu negócio conseguir se adaptar.

Valor – Alguns restaurantes exigem um valor mínimo para entrega, já que aplicar o sistema delivery para produtos com custo inferior ou igual aos da entrega não compensa para o negócio. Outros oferecem entrega gratuita para endereços próximos, ou por um período pré-estabelecido para promover o serviço. Estude quais das duas opções é a mais segura para a saúde do seu negócio antes da implementação.

Entregadores – Fazer uma imersão na cultura do seu restaurante para todos os funcionários, inclusive os entregadores, é essencial. Afinal de contas, eles são os responsáveis por transmitir a imagem da sua empresa, e representam o serviço que o seu restaurante oferece. Portanto, eles devem ser cautelosos tanto na direção e respeito às leis de trânsito, quanto no trato com o cliente.

O que é essencial?

– Entregar a comida na temperatura ideal para consumo;
– Empacotar o alimento com segurança;
– Assegurar a segurança da embalagem;
– Ter uma comunicação e marketing focados no delivery;
– Oferecer opções de entrega claras e de fácil acesso;
– Incluir produtos complementares (como sachês de condimentos, guardanapos e talheres);
– Treinar os funcionários para o aumento no ritmo de trabalho;

Existem diversos desafios na implantação do sistema delivery para restaurante, como cuidados com entregas, funcionário e precisão dos pedidos, ferramentas de distribuição e marketing, desenvolvimento e diagramação de cardápios, entre outros. No entanto, os números não mentem: Esse mercado lucrativo está franco crescimento e pode ser uma grande oportunidade para o seu negócio.